falecom@consecti.org.br
(61) 3702-1740

Fapern e Sebrae-RN intensificam divulgação do edital TecNova III - Consecti

Giro nos estados
11 julho 2024

Fapern e Sebrae-RN intensificam divulgação do edital TecNova III

As equipes da Fapern e do Sebrae-RN estão intensificando a divulgação do edital TecNova III nos territórios do RN. O objetivo é mobilizar o maior número de empresas com projetos inovadores. As inscrições seguem abertas até o dia 26 de julho. Nesta terça-feira (09), a divulgação ocorrerá pela manhã em Assu e à noite em Mossoró. Nos dois municípios, a atividade será nos escritórios do Sebrae-RN.

“Nosso objetivo é incentivar as empresas que têm projetos inovadores a se inscreverem no edital para receberem apoio por meio da concessão de recursos de subvenção econômica para o desenvolvimento de seus produtos ou serviços”, enfatiza a pesquisadora-bolsista da Fapern, Rebeca Marota.

As reuniões ainda serão realizadas em Apodi, Pau dos Ferros, Caicó, Currais Novos, João Câmara, Macau e Nova Cruz. Em Natal, a divulgação ocorreu no dia 26 de junho na Tecnatus, Incubadora de Empresas da UFRN.

TecNova III

O objetivo do TecNova III é criar condições financeiras favoráveis e apoiar a inovação para o crescimento rápido de um conjunto de empresas de micro e pequeno porte, com foco na inovação tecnológica.

O Edital foi lançado em 18 de junho, em evento realizado no Sebrae-RN, em Natal. Para esse edital, podem apresentar propostas as empresas com projetos inovadores nas mais diversas áreas do conhecimento. São 48 meses de execução e R$4,24 milhões de investimento em recursos para impulsionar a tecnologia no Estado.

Podem participar da seleção as empresas brasileiras situadas no Rio Grande do Norte, seja individualmente ou em associação com outras empresas nacionais. Para serem elegíveis, as empresas devem cumprir os seguintes requisitos:

  1. Possuir receita bruta no último exercício fiscal (até 31/12/2023) de até R$ 16 milhões;
  2. Estar registrada na Junta Comercial ou no Registro Civil das Pessoas Jurídicas (RCPJ) da sua jurisdição até, no máximo, 31/05/2023;
  3. Ter realizado atividades operacionais, não-operacionais, patrimoniais ou financeiras até 31/12/2023;
  4. O objeto social deve ser compatível com o desenvolvimento da proposta submetida e alinhado aos segmentos indicados no edital.

Fonte: FAPERN